unidades injetoras

Problemas com unidades injetoras? Saiba como evitar!

Ter um cuidado maior com qualquer peça é sempre importante. Mas, existem alguns componentes que fazem muita diferença em termos de produtividade e economia. Por isso, demandam ainda mais atenção, como é o caso das unidades injetoras.

O sistema das unidades injetoras tem grande participação na alimentação do combustível dos equipamentos. Desse modo, um defeito não previsto pode simplesmente paralisar toda uma operação. Além disso, trata-se de itens de alto valor. Ou seja, cuidar deles significa economizar com manutenções ou compras emergenciais.

Então, para você não ser surpreendido, preparamos este artigo com informações sobre como se prevenir dos defeitos e ainda dicas de como economizar na hora de fazer a reposição das unidades injetoras. 

Tenha uma ótima  leitura!

O que são unidades injetoras?

As unidades injetoras são componentes do sistema que alimenta motores a diesel com combustível. É um trabalho em conjunto com o regulador de rotação, que diminui ou aumenta o fluxo de diesel injetado na câmara de combustão.

De uma maneira mais simples, podemos dizer que as unidades injetoras fazem parte do sistema principal que mantém o equipamento funcionando. Na prática, uma falha nesses componentes podem fazer o motor parar de vez.

Na “melhor das hipóteses”, com essas peças em má qualidade, você tem um motor em baixa performance e uma falha na regulação da emissão de poluentes pela combustão.

Quais os principais defeitos?

Em geral, quando você utiliza peças genuínas, as unidades injetoras correspondem ao trabalho em alta performance. Os principais defeitos só começam a surgir após um grande tempo de uso.

No entanto, se o equipamento é utilizado exaustivamente todos os dias, logicamente, as unidades serão levadas ao seu limite em um menor espaço de tempo.

Porém, alguns contratempos podem surgir quando não há uma cartilha de manutenção preventiva sendo seguida corretamente ou quando há a utilização de combustíveis de procedência duvidosa. Essas atitudes, somadas ao desgaste natural do tempo, podem ocasionar defeitos como:

  • elevação no consumo de combustível;
  • danificação interna das unidades;
  • variação de rotação do motor;
  • vazamentos na peça;
  • falta de regulagem. 

Como evitar problemas com as unidades injetoras?

Como explicado, algumas atitudes podem encurtar a vida útil das unidades injetoras dos seus componentes. Por outro lado, boas práticas podem ajudar a estender esse prazo. Confira quais são elas:

1.Siga uma manutenção preventiva para o motor

Assim, por mais que todos saibam sobre a importância da manutenção preventiva, a verdade é que muitos proprietários ainda preferem seguir o modelo corretivo. Consequentemente, tomando alguma atitude só quando o motor deixa de funcionar. Não siga esse caminho!

A economia de verdade acontece quando você consegue prevenir o seu equipamento de falhas mais graves. Além de diminuir os custos com peças emergenciais, você não corre o risco de ter a rotina produtiva paralisada.

Siga uma cartilha de manutenção preventiva para o motor do seu equipamento e aumente a vida útil de todos os componentes, incluindo as unidades injetoras.

2.Não deixe o filtro separador de água cheio

O filtro separador de água é uma peça fundamental para um melhor desempenho do motor. Mas, trata-se de um reservatório com baixa capacidade.

Embora não cause um defeito imediato, a utilização do equipamento com o filtro cheio acaba trazendo complicações para as unidades em médio prazo. Consequentemente, diminuindo a sua potência gradativamente.

A dica aqui é esvaziar o reservatório de água sempre antes de ligar o equipamento. Faça isso logo já na primeira utilização.

Por que remanufaturar as unidades injetoras?

Mesmo seguindo esses e outros cuidados, em algum momento os seus componentes começarão a apresentar baixo desempenho – se você estiver seguindo uma manutenção preventiva, não será pego de surpresa.

Nesse momento você tem duas opções: remanufaturar e recuperar a usabilidade original da peça ou gastar um alto valor em um componente novo. Dessa forma, correndo o risco de ainda ter que esperar um tempo de entrega.

A remanufatura, além de ser sustentável, é um processo que recupera por completo a sua peça. As unidades injetoras são testadas, passam por regulagens, ajustes técnicos e são condicionadas seguindo os padrões do fabricante original.

Dessa forma, no final do processo, você tem peças renovadas, com a qualidade original e gastando muito menos do que em uma nova compra – a economia é de mais ou menos 40%.

Onde reformar unidades injetoras com qualidade?

Entendendo os benefícios da remanufatura, a dúvida que pode surgir é onde realizar tal processo? A resposta é simples: Turbo Brasil.

A Turbo Brasil é a maior referência em remanufatura da América Latina. A empresa conta com um laboratório completo e de alta excelência para realizar testes de qualidade e remanufaturar as unidades injetoras e diversas outras peças de alto valor.

A empresa, que é certificada ISO 9001/2025, atende clientes de todo o Brasil e segue o padrão de qualidade de todos os fabricantes originais das peças nos seus procedimentos.

Conclusão

Por se tratar de componentes de alta performance, não dá para utilizar as unidades injetoras em potência reduzida. Além de comprometer o motor do seu equipamento, você estará colocando em risco os resultados da sua empresa.

Então, siga as nossas dicas de boas práticas para resolver problemas em nas unidades injetoras. E, quando precisar, opte pela remanufatura para recuperar a qualidade e a usabilidade das suas unidades injetoras.

Entre em contato com a Turbo Brasil e faça um orçamento de remanufatura das suas unidades injetoras.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email