injecao-eletronica-diesel

Injeção Eletrônica Diesel: conheça as principais falhas e causas

Falhas na injeção eletrônica Diesel podem prejudicar o desempenho e a produtividade de uma empresa, independente do segmento, seja ele Mineração, Construção Civil, Motores Marítimos, Maquinário Agrícola ou mesmo Transporte Rodoviário.

Ou seja, uma interrupção no funcionamento é capaz de interferir seriamente na lucratividade do seu negócio. Então, para evitar prejuízos, o ideal é ficar atento às principais falhas.

Seguindo algumas dicas básicas, você pode evitar essas falhas e economizar. Além disso, na hora da reposição, há uma estratégia eficiente a ser adotada.

Quer entender mais sobre todos esses pontos? Então, continue lendo e confira o nosso artigo completo sobre o assunto.

Vamos às principais causas das falhas na injeção eletrônica!

1. Deixar o equipamento desligado por longos períodos

Equipamentos que utilizam um sistema de injeção eletrônica Diesel devem estar em constante funcionamento. Claro, é necessário seguir uma rotina para evitar superaquecimento ou problemas semelhantes, porém os intervalos não podem ser muito longos.

Siga um padrão recomendado pelo fabricante e evite que a máquina apresente defeito justamente por uma utilização inadequada. Lembrando que o óleo diesel também tem validade para ser utilizado.

2. Combustível de baixa qualidade

O uso de óleo diesel contaminado é, sem dúvida, a principal causa de falha na injeção eletrônica diesel. Por ter contato diretamente com o sistema, o combustível precisa apresentar qualidade comprovada, sem a presença de resíduos contaminados.

A solução aqui é sempre abastecer em postos confiáveis  que apresentem o selo de qualidade dos órgãos fiscalizadores e utilizar uma boa filtragem de óleo diesel.

3. Motor com baixo desempenho

Problemas maiores com o sistema de injeção eletrônica Diesel dificilmente começam de repente. O próprio equipamento dá sinais de que algo não está funcionando como deveria.

A perda de potência do motor, por exemplo, é um grande indício de que a injeção eletrônica está passando por dificuldades. Em caso de constância do baixo desempenho, o ideal é sempre interromper a utilização e verificar as condições do sistema junto a um especialista.

Como a reparação de injeção eletrônica Diesel pode contribuir neste contexto?

A reparação é a estratégia que traz a tranquilidade para a sua empresa em relação ao sistema de injeção eletrônica Diesel. Isso porque, ainda que as falhas citadas não sejam percebidas previamente e você precise realizar a reposição, o processo de reparação permitirá que isso aconteça de forma rápida e econômica.

Ao utilizar a reparação como principal opção, você corre baixíssimo risco de interrupção por longos períodos da rotina produtiva. Além disso, o processo em si é muito rápido, podendo acontecer em até 2 dias, e a economia pode alcançar mais de 60%.

O que é a reparação de componentes e como funciona?

A reparação de componentes é o processo em que os itens do seu sistema Diesel passam por avaliação técnica, limpeza, testes reais e restauração do padrão original de uso. Como dito, é a estratégia perfeita no momento da reposição de peças.

A reparação deve ser feita por uma empresa especialista e que segue os mesmos padrões de qualidade do fabricante.

Como escolher a melhor empresa de reparação de injeção eletrônica Diesel?

Claro que não dá para arriscar um sistema caro e de alto rendimento nas mãos de qualquer empresa. Estamos falando de algo fundamental para os lucros do seu negócio. Sendo assim, é preciso escolher corretamente o fornecedor no momento da reparação.

Conte com a Turbo Brasil, marca especialista na reparação de injeção eletrônica Diesel e referência do setor na América Latina. Só a Turbo Brasil conta com sede própria de 5 mil metros quadrados, os melhores profissionais do país e com equipamentos de última tecnologia. 

Entre em contato com o nosso time de especialistas!

Acesse e faça o seu orçamento agora mesmo.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email