Common-Rail

Common Rail, EUI e HEUI: você sabe as diferenças?

Uma das formas mais inteligentes de economizar dinheiro e garantir o pleno funcionamento de veículos e máquinas é conhecer as características dos componentes-chave. Um bom exemplo são as diferenças exatas entre os sistemas de injeção eletrônica Common Rail, EUI e HEUI.

Claro, você não precisa ser um especialista e conhecer cada modelo a fundo. Porém, entender as diferenças principais vai ajudar você a escolher a peça mais adequada para o seu equipamento, além de facilitar a tomada de decisão no momento da reposição.

Então, continue lendo e confira as diferenças entre os sistemas injeções eletrônicas Common Rail, EUI e HEUI e como a remanufatura pode facilitar a sua vida no momento da reposição da peça.

Boa leitura!

Como funciona o sistema de injeção eletrônica Common Rail?

O Sistema de injeção diesel common rail se caracteriza por ser um sistema de injeção direta, o qual utiliza uma bomba de alta pressão para manter o óleo diesel pressurizado em um tubo (tubo rail) e então alimentar os injetores com uma pressão constante.

A injeção acontece de acordo que o ECM (ou Módulo de Controle Eletrônico) libera os sinais elétricos aos injetores. Este controle eletrônico da injeção otimiza o desempenho do motor e minimiza as emissões de poluentes.

O sistema common rail é o mais tecnológico atualmente aplicado em motores de combustão interna. 

Foto (sistema common rail – bomba de alta pressão, tubo rail, injetor e ECM)

Como funciona o sistema de injeção eletrônica HEUI?

O sistema HEUI – o que significa também Unidade Injetora Eletrônica Hidráulica – trabalha em função de uma bomba hidráulica.

Neste sistema de injeção é utilizado o óleo lubrificante do motor para fazer o acionamento hidráulico dos injetores diesel, ou seja, a bomba hidráulica eleva gradativamente a pressão do óleo lubrificante em uma galeria do cabeçote e alimenta os injetores para fazer a ativação dos mesmos. Já o óleo diesel é pressurizado até os injetores através de uma bomba de transferência, que succiona o óleo diesel do tanque, este óleo diesel é então injetado à câmara de combustão do motor pelo acionamento hidráulico do injetor..

Todo o sistema também é controlado (ou dosado) através do ECM do motor.

Fotos (injetor HEUI e bomba de atuação)

Como funciona o sistema de injeção eletrônica EUI?

O sistema de injeção eletrônica EUI é o mais antigo dos três, tendo sido criado ainda na década de 90. Ou seja, é um dos pioneiros nesse modelo para motores a diesel de grande porte.

O funcionamento aqui se caracteriza pela pressurização do óleo diesel através de um pistão bombeador que fica no interior do injetor, este por sua vez é acionado através de um mecanismo ligado ao eixo de comando do motor para que tenha um sincronismo e pressurize o combustível no momento correto para cada cilindro do motor.

Neste sistema o ECM também controla o tempo de injeção de combustível.

CAT - IWISO DIESEL| China TOP Supplier of Diesel Engine Parts

Foto (injetor EUI)

Mas então, quais as diferenças entre HEUI, EUI e Common Rail?

Com a explicação sobre o funcionamento de cada um dos sistemas, é possível dizer que as diferenças entre Common Rail, HEUI e EUI se concentram em 2 pontos: sistema de ativação da injeção e o tipo de bomba.

Por exemplo, o sistema de ativação do Common Rail acontece a partir da alta pressão constante em todo o sistema, enquanto o do EUI se dá em ciclos de pressão conforme o sincronismo do motor, e no HEUI a injeção é ativada hidraulicamente. Em relação à bomba, temos:

  • Common Rail: bomba de alta pressão;
  • EUI: junção entre unidade e bomba;
  • HEUI: bomba de atuação.

Como a remanufatura pode facilitar a sua vida no momento da reposição?

Conhecer as diferenças sobre os sistemas de injeção eletrônica é fundamental para você manter uma manutenção correta e garantir maior vida útil para os componentes. No entanto, com o uso diário, mesmo peças novas chegam ao tempo de reposição.

Como estamos falando de componentes de alto padrão, logicamente, investir em uma compra nova certamente demandará maior gasto e tempo da sua empresa. Mas, há uma opção que traz economia e agilidade para esse momento de decisão: a remanufatura.

A remanufatura é o processo de análise, testagem e recuperação de peças. Basicamente, na remanufatura o seu sistema de injeção é reparado por completo e consegue recuperar a usabilidade original. Você tem o componente funcionando como novo, mas gastando cerca de 40% a menos.

Outra vantagem da remanufatura é que se trata de um processo dinâmico, que acontece dentro de um tempo definido previamente. Dessa forma, você não precisa ficar esperando uma nova produção da fábrica e correr risco de paralisação das atividades.

Mas é claro que essas vantagens só são possíveis quando você realiza o processo com um fornecedor gabaritado como a Turbo Brasil, maior referência em remanufatura da América Latina e especialista na reparação de todos os sistemas de injeção Diesel, sendo eles mecânicos ou eletrônicos.

Com a Turbo Brasil, o seu sistema de injeção é analisado, testado e recuperado seguindo os mesmos padrões dos fabricantes originais.

Conclusão

Enfim, agora que você já conhece as diferenças entre os sistemas Common Rail, HEUI e EUI já pode escolher o modelo mais adequado para os seus equipamentos e aproveitar o melhor de cada componente. E na hora reposição, conte com a Turbo Brasil e recupere o seu sistema com economia e eficiência.Faça o seu orçamento e saiba como a Turbo Brasil pode ajudar a sua empresa.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email